Televisão

Já falei isso a várias pessoas, mas ainda causa muito espanto: sim, não há TVs na minha casa. Não é figura de linguagem não, deixa eu repetir - na minha casa, não há nenhuma televisão.

Não é nada religioso, nem nenhuma filosofia alternativa; a razão é bem simples: nosso 'algoritmo' de seleção de itens para compra simplesmente ainda não retornou uma TV. Aliás, a prioridade é baixa o suficiente para eu afirmar que pelos próximos dois anos provavelmente não teremos uma. E além disso eu teria que pelo menos ter TV a cabo, o que seria um gasto a mais. Nem é pelo preço, porque as analógicas estão em conta mas a pergunta é: para que TV?

* Para notícias - o google news/igoogle é muito melhor, afinal todos os jornais da TV são massificados pelas notícias da Reuters. Fora que tenho a meu alcance blogs específicos que mostram coisas que eu tenho muito mais interesse. Aliás, na comunidade 'anão vestido de palhaço mata 8' eu posso sim dar muitas risadas e saber as bizarrices do dia. No 'Blue Bus', notícias de publicidade. No 'SlashDot', 'Geek', 'Br-linux', notícias de informática. Nas listas de discussões e comunidades de gestantes/mamães, notícias sobre crianças. Ainda participo de uma ou outra newsletter e twitter o que me dá notícias de todos os tipos e seus comentários. Fora as notícias de cultura da BBC Brasil.
* Para entender as piadas do charges - precisa? Sempre tem alguém pra explicar, nem que seja o ego.com
* Para ver seriados, filmes, etc - Precisa de uma TV mesmo? Cinema, locadora, teatro, youtube/internet fazem as vezes e melhor: escolho o que e quando assistir. Pelos meus colegas de trabalho e fontes acima sempre surgem sugestões de coisas a assistir.
* De passatempo: na internet eu tenho voz e muito mais opções.

Nem sempre foi assim, estou nessa a quase um ano e meio. Meu primogênito não sentiu falta, não, aliás na internet ele pode ter escolher exatamente o que quer assistir a que horas assistir - uma autonomia sem igual. Fora uma coleção de joguinhos em flash. Na casa dos avós ele assiste Discovery Kids sim, pede sempre; mas levou um tempo para que ele entendesse que não temos controle da programação.

Pior de tudo, sei de tudo o que anda rolando na globo: BBB, Dalits, JN, Fantástico... Sempre rola no orkut discussões sobre as cenas das novelas, sobre as reportagens, etc. Fora isso, ouvimos no ônibus sempre sobre quem saiu do BBB, quem casou com quem; passamos na banca de jornal, no mercado pipocam revistas de 'fofoca' das 'celebridades'.

Quando a gente não tem, percebe o impacto inacreditável dela na cultura brasileira; não importa o que o SBP diz, o que a OMS recomenda, os resultados de variados artigos científicos e revisões sistemáticas: o povo só acredita que uma coisa é verdade quando passa na Globo .Foi assim com o sling na Ana Maria Braga, as técnicas do Dr. Karp no Fantástico, e mil outras coisas. Falta o parto domiciliar, a hora que a Globo abraçar de verdade, vai bombar. A hora que as novelas mostrarem de verdade parto e amamentação, o Brasil vai ser outro.

Sim, já me falaram que toda casa brasileira tem TV, então acho que minha casa fica fora do Brasil, então hehe Agora pode falar a piadinha besta - sim, arranjei filho porque não tenho TV. Se sua TV atrapalha sua vida sexual, ou vc esta achando que está com pouco tempo, jogue fora a sua também.

#prontofalei

1 comentários:

Mãe do Gu disse...

Opaa, acho que vou jogar fora as 3 tvs daqui de casa hauahuahahuauha
Só não posso arranjar outro filho agora

Back to Top