2

Nenê ou não nenê?

Mari deixou um comentário super bacana no meu post Quinze meses. Tão bacana que vou até fazer um post sobre isso.


Só queria comentar uma coisinha... Eu, pessoalmente, não acho legal chamar o nenê de Nenê. Fiquei em dúvida se é isso que você está sugerindo ou se usou "Nenê" como um nome genérico pra não dizer o nome do seu filho, por exemplo...

No pouco que conheço de pedagogia (trabalho em educação mas em sociologia da educação, é meio diferente) e da experiência de ter sido professora em pré-escola, penso que é mais legal pra formação da criança chamá-la pelo nome e ensina-la a chamar todo mundo pelo nome. Não pela idade (nenê, criança, adulto), nem pelo título (faxineiro, garçom, etc). Muito menos chamar professora de tia...

Então, Mari. Primeiro ponto é que, com uma criancinha em 'crise' (berrando, gritando, em pânico, desamparada, etc), não dá pra usar a linguagem adequada à idade dela - é uma espécie de medida de contingência. Use uma linguagem de pelo menos uns 6~12 meses a MENOS do que ela tem. Se uma criança de 18 meses tá gritando, fale como se ela tivesse 12 meses, e assim por diante. Usualmente, 'nenê' é uma das primeiras palavras, e também uma palavra que a criança se identifica. Os pronomes ainda são muito complexos para a maior parte dos toddlers berrantes. Se a criança  já tem uns 4 anos, o pronome 'você' pode ser mais rápido de entender, depende da criança.

O segundo ponto é que concordo contigo sobre chamar pelo nome (em todo o resto do tempo que a criança está tranquila).

Mas claro, o MEU nenê eu chamo de nenê, e vou chamar ele assim pelo resto da vida acho rs rs rs. Com 30 anos nas costas, e ainda vou chamar o guri assim <3 <3 <3. Meu anjo e meu nenê.

Como diz a Flávia, tanto trabalho pra escolher um nome e a gente só chama por apelido.

2 comentários:

Dina Ulbrich disse...

O uso do Nene é um método louco e eficaz, aqui deu certo =D

Eu nunca chamei o Felipe de neném antes de conhecer o método, e hoje só uso quando precisa, raramente. E não adianta, Felipe é nene hauhauahuahuah ele mesmo responde o nome dele como Nene, e isso muito antes de eu usar o método.

Se a gente não chama de neném os outros chamam.
Sobre chamar as pessoas pelo nome, gente como vou perguntar a todos os motoristas do terminal o nome deles? kkkkkkkkkkkkkkkk dá não! Todo mundo sem nome é amigão kkkkkk

Mari Moscou disse...

Ci, obrigada pela resposta! Fico honrada do meu comentário virar um post, hehehe! oba! :)

Me esclareceu sim a confusão com a "técnica" de chamar de nenê! :)

É que eu pessoalmente, prefiro chamar pelo nome sempre, mesmo antes dos 12 meses, quando a criança é na verdade... um nenê, hahahahah. :)

Brigada querida! Beijo!

Back to Top