3

8 de março - quero minha cota em chocolates

Daí que eu amo chocolate. Adoro. Não carece desculpa pra me dar um chocolate, não! Mas se a pessoa do outro lado preferir ter uma desculpa qualquer, eu aceito. Dia de quem já teve gato preto? Aceito. Páscoa? Aceito. Primeira segunda-feira de abril? Aceito. Chocolate é presente certo e que não há contraindicação.

Então, a cada 8 de março, tem aquela forçada de sorriso amarelo, e parabéns esquisitos. Parabéns por eu ser mulher? Bizarro. Porque eu não ESCOLHI ser mulher, eu não fiz nada para isso. Eu nasci assim, e do mesmo jeito que ninguém me dá parabéns por eu ser branca ou ter miopia; ou quem sabe, por ter lindas mãos.

A gente não queria exatamente receber parabéns por ser mulher. E fica super chato aquele tipo de 'elogio' que a gente preferiria não ter que ouvir. Exemplos:

  • Parabéns por trabalhar fora e ainda dar conta da casa e da família: gente, cadê a outra parte do casal, digamos, a parte que não é mulher? Casa e família é só da mulher, isso? 
  • Parabéns por conseguir gerar vida, o bem mais belo: ok, só é mulher se for mãe, senão não merece homenagem? 
  • Parabéns por ser sempre linda e vaidosa, delicada e bela, etc: quer dizer, mulher só é relevante se for bibelô pra enfeitar a sala. Só faltou o quietinha. 

Eu peço que todos olhem todos esses mil parabéns com um simples olhar: mulher só é elogiada se for delicada, bonita, vaidosa, boa amante e mãe? Que é a mulher-maravilha, com dupla, tripla jornada? Mulher solteira e sem desejo de ter filhos não merece parabéns? A data é para ser uma data FEMINISTA, ativista, e não de parabéns forçados. Lembrem-se que feminismo é aquela idéia radical que mulher também é gente.

Vou aqui fazer o meu parabéns. Hoje, eu acho que todas as mulheres batalhadoras merecem um grande e enorme parabéns. A lista é ilustrativa e de modo algum tem a pretensão de ser exaustiva.
À todas as mulheres que assumem seus filhos, à todas as mulheres que enfrentam nosso sistema obstétrico, à todas as mulheres que enfrentam os assédios nas ruas, à todas as mulheres que se sentem deslocadas no trabalho. Àquelas aguentam piadinhas machistas no trabalho, que tem sua competência questionada pela sua aparência. Para todas as mulheres que  À todas as meninas que lutam para ter uma vida sexual bem resolvida, à todas que não querem casar, à todas que não querem ter filhos, à todas que questionam a vida, que estudam, trabalham, que batalham por um lugar ao sol.

(Para todas as mulheres que sofreram violência obstétrica, por favor, passe no blog da Cientista Que Virou Mãe e veja o teste e também a pesquisa dela. Contribua. Precisamos combater esta violência contra a parturiente que acontece no Brasil todo.)

Aos homens que estão juntos conosco, que nos respeitam como ser humano, um muito obrigado.

Então, a partir de hoje vai ser assim: cada conhecido que falar uma frase machista, me deve um chocolate. Pelo menos não passo mais raiva! Tomara que eu não engorde demais pelo meu bem e da felicidade geral da nação.

3 comentários:

Ela disse...

Odeio estes parabéns de dia da mulher. A galera sempre vem com este papo que você mencionou. Tudo recheado de conteúdo machista, opressivo. Mulher ainda não é gente, mas vamos continuar batalhando. Seu texto é muito bom.

A propósito.... Mudando da água para o vinho....

Você se lembra que você me deu conselhos sobre amamentação quando te perguntei sobre cirurgia mamária e tals? Sua resposta foi muito importante. Eu batalhei por mim e por meus filhos e consegui amamentar um pouco. Foram só 4 meses e ainda tive que dar complemento, mas eu passei por uma experiência incomum. Pari com 29 semanas de gestação apenas, meus filhos ficaram 2 meses na UTI... Entao foi uma grande conquista eu ter mantido o leite por este período. Meus bebês só puderam mamar em mim bastante tempo depois do nascimento . Foi difícil a descida do leite e sua amnutenção, mas sempre me lembrei de suas palavras. Ah, não posso deixar de dizer. Todos diziam que eu não conseguiria, até minha mãe. O único que bancou tudo ao meu lado foi o marido. Um abraço.

Lux disse...

Adoro seu senso de humor ao escrever! =)

Ártemis disse...

Ela,

Meus enormes e absurdos parabéns, viu. Nossa, eu fico MEGA feliz de você, com tantas dificuldades, conseguiu amamentar.

É óbvio que, com dois, prematuros de todo, seu esforço foi muito importante.

Fico tri feliz de saber!

Back to Top